Milton Lima

O Brasil da Cachaça está nas mãos de Milton Lima!

O Brasil da Cachaça está nas mãos de Milton Lima. Pois é, a cachaça está em boas mãos e, como está!

O trabalho do pesquisador, Milton Lima, eleva o tema ao mais alto patamar. E não para menos, já que estuda a bebida desde o início dos anos de 1980.

E aqui cabe destacar um dos importantes trabalhos do pesquisador. Nos anos 1990, inconformado com a supervalorização da tequila em terras tupiniquins, começou a pesquisar o fenômeno da desvalorização da cachaça e, no início dos anos 2000 escreve o trabalho “Cachaça do Brasil, da Senzala para a Casa Grande”.

Vale lembrar que Milton Lima instala suas cartas nas mais importantes casas gastronômicas do país, como já destacamos por aqui!

O Foodnews e o Degustá! inclusive destacaram a inauguração da Carta de Cachaça do Raiz Bar. A Carta de Cachaça do Raiz Bar foi criada pelo especialista Milton Lima e, conta com 10 rótulos que representam todos os principais territórios da cachaça. Clique aqui e saiba mais!

E, no dia 12 de dezembro o Degustá! teve o prazer de assistir a mais um passo deste trabalho de Milton Lima: a harmonização da Cachaça à Gastronomia.

O evento de harmonização da Cachaça à Gastronomia aconteceu no Sal Gastronomia do Shopping Cidade Jardim, comandado pelo conceituado Chef Henrique Fogaça.

Fomos direcionados à uma experiência maravilhosa degustamos 6 rótulos de Cachaças:

Santo Grau / Paraty RJ. Leblon Signature Merlet / Pato de Minas MG. Poço da Pedra / BA. Reserva 51 / Edição Limitada / Pirassununga SP. Havana / Salinas MG. Sapucaia Real / Pindamonhangaba.

E olha, o resultado foi incrível!

Sentar à mesa do Sal Gastronomia Cidade Jardim e desfrutar das harmonizações de Cachaça e das criações do Chef  está entre os programas mais legais da Cidade de São Paulo.  Um brinde à Cachaça!

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

O Brasil da Cachaça está nas mãos de Milton Lima! was last modified: by

A Paty iniciou sua carreira nos anos 90 como professora, estudou moda, trabalhou como garçonete à noite em um dos primeiros restaurantes japonês de São Paulo, teve lojas e restaurantes, até se encontrar como pesquisadora de bebidas artesanais de alta qualidade. Como sommelière, Paty tem agenda cheia com eventos, aulas, degustações, produção de conteúdo e consultorias