amazon

Amazon já transforma preços da Whole Food pós aquisição

A Amazon finalizou a negociação que se estendia a meses e comprou a rede de supermercados Whole Foods, nos Estados Unidos.

Inclusive alguns dados dessa aquisição foi apresentado no Foodnews. Clique aqui e saiba mais!

A rede é conhecida por vender produtos premium, uma grande variedade de frutas, vegetais e proteína animal, sendo a maioria de origem orgânica – comercialização muito similar à dos varejões de alto padrão brasileiros.

Contudo, a Whole Foods tinha como característica os preços mais elevados. Assim, seus produtos saudáveis e de alta qualidade só eram acessíveis a um seleto grupo de pessoas.

A junção da rede de supermercados com a Amazon, porém, alterou este cenário: em seu primeiro dia, o site de vendas on-line baixou os preços de alguns produtos em até 43%.

Segundo noticiado pela Bloomberg Technology, a lista de produtos incluía hortifrútis como banana, maçã, abacate e alface, além de carnes e nuts.

Com a queda dos preços, a Amazon espera que os produtos oferecidos pela Whole Foods fiquem mais acessíveis a outros consumidores, aumentando a gama de clientes da rede de supermercados.

Esta estratégia também deve pressionar os preços dos concorrentes, que já vendiam produtos naturais pela internet, como Walmart e Kroger.

De acordo com o site Chicago Tribune, a estratégia de preços da Amazon não é temporária, e a empresa promete mudar o conceito de valores altos que a Whole Foods sempre carregou, expandindo os baixos preços para outros produtos. Eles também devem adicionar benefícios para seus usuários do Amazon Premium, aumentando ainda mais a clientela e buscando maior competitividade no mercado.

A briga por espaço na venda de alimentos frescos e naturais pela internet deve aumentar, já que os acontecimentos recentes são indicativos de que a forma como as pessoas compram seus alimentos está mudando – e a perspectiva é de que o Brasil siga os mesmos passos dos EUA.

Durante o PMA Fresh Connections que aconteceu em agosto de 2017, a norte-americana Sally Lyons apontou a comercialização on-line de frutas e hortaliças como uma das oportunidades para o varejo brasileiro.

Adaptado de Hortifruti

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

Amazon já transforma preços da Whole Food pós aquisição was last modified: by

Especialista em produção animal e interessado em fornecer conteúdo de qualidade para o setor de alimentação fora do lar!