carne suína

Queda da temperatura estimula consumo e preço da carne suína

Com a queda da temperatura, os preços dos cortes de carne suína usados em pratos como feijoada vêm apresentando aumentos significativos.

O Foodnews destacou em maio que o Dia das Mães é a segunda melhor data do ano em relação ao consumo de carne suína, perdendo apenas para o Natal. Clique aqui e acesse o artigo!

Conforme dados do Cepea, no atacado do estado de São Paulo, na parcial de maio (de 28 de abril a 24 de maio), o valor do couro salgado subiu expressivos 32%, passando para a média de R$ 3,85/kg nessa quarta-feira, 24 de maio.

A costela salgada se valorizou 16,1% no mesmo período, com média de R$ 12,56/kg. Segundo pesquisadores do Cepea, mesmo que essa elevação seja esperada nesta época do ano, a intensidade do movimento de alta vem surpreendendo agentes do setor.

O movimento de preços da carne suína é oposto ao mercado de carne bovina que segue enfraquecido, com uma demanda baixa.

Alias, o Foodnews recentemente discutiu o fato da queda nos preços da carne suína até o mês de abril de 2017 aumentarem a competitividade dessa proteína frente à bovina, no atacado da Grande São Paulo (clique aqui para acessar artigo).

O aumento da diferença de preços entre a carne suína e bovina pode acarretar em uma maior demanda para os cortes de suínos.

E, com a contribuição da queda da temperatura, temos visto uma maior demanda e preços da carne suína!

Por isso o Foodnews recomenda aos gestores de bares e restaurantes atenção ao comportamento de preços dos insumos na cozinha.

O Foodnews  tem destacado a importância de avaliar os custos variáveis em bares e restaurantes, o que pode ser fator decisivo para o aumento de margens e a melhoria do resultado do negócio como um todo. Clique aqui para acessar um dos artigos de trata do assunto!

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

Queda da temperatura estimula consumo e preço da carne suína was last modified: by

Especialista em produção animal e interessado em fornecer conteúdo de qualidade para o setor de alimentação fora do lar!