carne suína

Ritmo de vendas cai e preço da carne suína segue em queda em 2018

O ritmo de vendas no mercado atacadista da Grande São Paulo segue pressionando os valores da carne suína, de acordo com pesquisadores do Cepea.

E vale destacar que a queda do preço da carne suína no atacado já alcança 14,2% no ano!

No último mês do ano passado, os negócios estiveram abaixo do esperado para o período, o que elevou a disponibilidade da carne no início de 2018.

Neste ano, a liquidez permanece baixa, devido, principalmente ao menor poder de compra de consumidores. As quedas no atacado, por sua vez, vêm se refletindo no mercado de animal vivo, que registra desvalorizações em quase todas as praças acompanhadas pelo Cepea.

A Figura a seguir ilustra o comportamento de preços da carcaça suína no mercado atacadista da Grande São Paulo ao longo de 2018, segundo indicador Cepea/Esalq.

 

carne suína

Fonte: Dados do Cepea/Esalq (adaptado por Foodnews)

 

A queda no preços da carne suína no atacado paulista é de 14,2% em 2018, isso até o dia 15 de fevereiro. Isso porque a carcaça suína iniciou o ano cotada a R$6,32/kg e no dia 15 de fevereiro o valor era de R$5,42/kg.

O Foodnews destaca também que os preços da carne bovina no varejo paulista iniciam o ano de 2018 em queda.

Isso porque os preços de alguns cortes foram cotados em janeiro de 2018, em média, a valores mais baixos dos praticados no mês anterior (dezembro de 2017) e alguns cortes, como o contrafilé e o filé mignon também são cotados abaixo dos valores observados no mesmo período do ano passado (janeiro de 2017). Clique aqui e saiba mais!

E por falar em carne suína, o Foodnews apresenta dados que compara o valor nutricional das carnes suína, bovina e de frango. Clique aqui e confira!

Adaptado do Cepea

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

Ritmo de vendas cai e preço da carne suína segue em queda em 2018 was last modified: by

Especialista em produção animal e interessado em fornecer conteúdo de qualidade para o setor de alimentação fora do lar!