ceasas

Será que a missão das Ceasas está sendo cumprida?

O Foodnews destaca matéria da Revista Hortifruti Brasil que avalia a importância e o cumprimento da missão das Ceasas Brasil afora!

A missão das Centrais de Abastecimento é “receber, consolidar, classificar, selecionar, armazenar e comercializar alimentos perecíveis frescos, garantindo o escoamento da produção e o abastecimento da população, com qualidade e em um ambiente de comércio justo, tendo como princípio a sustentabilidade das ações”.

A afirmação acima está detalhada no material de trabalho chamado “Plano de Modernização das Centrais de Abastecimento”, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Mas será que as Ceasas espalhadas pelo Brasil estão cumprindo essa missão?

A resposta é não, segundo a pesquisa feita pela Revista Hortifruti Brasil/Cepea em agosto de 2018 com agentes dos setores de frutas e hortaliças. Mesmo assim, esses agentes ressaltam a importância das Centrais na distribuição das frutas e hortaliças no País.

É perceptível que as Ceasas possuem capacidade limitada diante dos desafios para uma modernização nacional das frutas e hortaliças no País.

Dentre os problemas das Ceasas, destacam-se sua infraestrutura ultrapassada e regulação/fiscalização ineficientes para dinamizar a comercialização dos hortifrútis, mantidos os padrões de qualidade. Muitos dos problemas encontrados são reflexo das faltas de investimentos e de uma política nacional coordenada entre as Ceasas.

Além disso, a base do modelo das Centrais de Abastecimento ainda está relacionada ao modelo constituído na década de 1960 e que pouco foi atualizado para conseguir atender às mudanças das tendências e necessidades atuais.

O documento do MAPA ressalta: “Desarticuladas, as Ceasas acabaram por sedimentar um modelo construtivo defasado que impede a adoção de práticas logísticas inovadoras, limitando sua eficiência e manutenção da qualidade e identidade dos produtos ali movimentados. Esse fato acarreta uma crescente agregação de custos operacionais desnecessários, refletindo negativamente na eficiência do sistema de abastecimento e na competitividade da cadeia produtiva dos diferentes produtos ali comercializados”.

No entanto, os atacados representam um elo importante entre a produção e o varejo de pequena e média escalas na produção das frutas e hortaliças. Mesmo que uma parte da produção não passe fisicamente pelas Centrais, uma parcela significativa da comercialização é realizada pelos permissionários. Ou seja, apesar de todas as limitações físicas, regulatórias e administrativas, as quais os permissionários estão enfrentando na atualidade, a importância das Centrais ainda permanece bastante significativa dentro do setor de frutas e hortaliças.

No geral, há três grandes entraves à modernização das Ceasas:

  • infraestrutura ultrapassada,
  • gestão administrativa ineficiente e
  • pouco interesse governamental.

O resultado é alto custo para os permissionários e baixa qualidade do serviço para os clientes que dependem das Ceasas.

A solução, para muitos, é passar por completo a responsabilidade para a solução desses problemas para a iniciativa privada. O modelo de gestão atual, federal e com diretores selecionados por critérios políticos e não técnicos (no geral) e permissionários com pouca autonomia na gestão é um grande entrave para a modernização das Centrais.

Um dos projetos que começa a ter mais robustez e pode dar mais autonomia na gestão para os permissionários é o Novo Entreposto de São Paulo (Nesp).

O projeto foi idealizado por um grupo de peso do segmento de frutas e hortaliças e é considerado por seus idealizadores como uma alternativa moderna para o comércio desses produtos na cidade de São Paulo.

A proposta é estabelecer uma parceria com o governo para mudar a Ceagesp do local atual para o bairro de Perus, na zona noroeste da capital. No início deste ano, houve sinalização do governador de São Paulo a favor desse projeto. A imprensa também relata que o governo federal é a favor da privatização. Oficialmente, a atual gestão da Ceagesp declarou que ainda não há nada concreto em termos de mudança de endereço.

E mudando o assunto, você sabe qual o produto líder de venda na Ceagesp? Clique aqui e descubra!

Adaptado do Cepea

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

Será que a missão das Ceasas está sendo cumprida? was last modified: by

Especialista em produção animal e interessado em fornecer conteúdo de qualidade para o setor de alimentação fora do lar!