commodities agrícolas

Alta das commodities agrícolas e custo do restaurante

No Foodnews, painel de gestão e mercado, vamos buscar relacionar as recentes altas no preço das principais commodities agrícolas, como milho e soja, com o custo do restaurante.

Inicialmente é importante destacar a tendência de preços do milho e soja no mercado interno nos últimos anos, conforme ilustrados nas Figuras abaixo.

A primeira Figura abaixo destaca os preços do milho nos últimos 10 anos em Campinas, segundo base de dados do CEPEA/ESALQ.

 

commodities agrícolas

Fonte: Base de dados do CEPEA/ESALQ

 

Os dados acima indicam um comportamento de forte alta dos preços do milho, que em 2016 assumiram os patamares mais elevados, em valores nominais, desta série histórica iniciada em 2006.

Vejam de até meados de 2015 o preço da saca de 60kg de milho oscilava, na maior parte do tempo, entre R$20,0 e R$35,0, enquanto atualmente está próximo de R$55,0. No ano, os preços acumulam alta de cerca de 50% em relação ao preço praticado ao final  de 2015.

Mas não é apenas o milho que tem apresentado forte alta em 2016. A segunda Figura abaixo apresentam o comportamento de preços da soja na última década, conforme dados do CEPEA/ESALQ.

 

commodities agrícolas

Fonte: Base de dados do CEPEA/ESALQ

 

Os preços da soja, a exemplo do milho, são cotados nos valores mais elevados de sua série histórica. Em 2016 os preços do grão já aproximam da casa dos R$100,0 por saca, valor este mais de 3 vezes maior que o apurado no início deste série, em 2006.

E o que contribuiu para a alta nos preços das commodities agrícolas em 2016?

Um dos fatores é o aumento da exportação destas commodities agrícolas pelo Brasil, impulsionada pelo cambio favorável à exportação. Os patamares atuais do câmbio tornam o produto nacional atrativo em termos de preço no mercado internacional, contribuindo para a alta de preços dos grãos produzidos por aqui.

E o que essa alta tem a ver com os restaurantes?

Os grãos são a base de insumos na produção de alimentos de origem animal, como leite e carnes. Por consequência a pressão de custos de produção desses produtos aumenta, com consequente reflexo nos valores do leite, queijos, carnes em geral. Além do impacto na produção animal, a indústria de alimentos também acaba por absorver essa alta e isso é refletido nos preços dos produtos finais.

O assunto de custos dos insumos para a gastronomia é uma tema que tem sido bastante discutido no Foodnews. Ressaltamos aqui a importância de avaliar e controlar seus custos.

Assine nossa newsletter semanal!

Para conferir essa e outras notícias, dicas e eventos do setor, cadastre-se para receber nossa newsletter semanal.

A Foodnews é parceira da Foodlogics, plataforma online de cotação de produtos. Possibilita aos restaurantes, bares e hoteis, encontrarem mais opções de fornecimento, avaliarem seus fornecedores por meio de relatórios histórico de entregas. Cadastre-se, é grátis.

Alta das commodities agrícolas e custo do restaurante was last modified: by

Especialista em produção animal e interessado em fornecedor conteúdo de qualidade para o setor de alimentação fora do lar!