crise nos restaurantes

Crise nos restaurantes. Causas e perspectivas nos EUA

O Foodnews destaca para a recente notícia que o consumo nos restaurantes dos EUA caiu pela primeira vez nos últimos 5 anos. Um sinal de crise nos restaurantes daquele país?

A queda foi pequena, mas como nos últimos levantamentos o consumo de alimento fora do lar estave estagnado, isso levantou um sinal de alerta para os empresários a fim de evitar um possível princípio de crise nos restaurantes dos EUA.

A causa para essa queda é devido ao aumento do custo de jantar fora e mudanças das prioridades dos clientes.

Segundo a NPD Group, maior empresa de informação mundial, as vendas totais dos serviços de alimentação diminuíram 1% no terceiro trimestre de 2016 em comparação com o mesmo trimestre do ano passado, e o tráfego nos restaurantes de fast food, que representa 80% das visitas totais da indústria, caiu pela primeira vez em 5 anos.

A indústria de restaurantes nos EUA se acostumou a crescer cerca de 1% ao ano. Foi o que ocorreu nos últimos 6 anos. No entanto, nos últimos seis meses, o crescimento do tráfego dos restaurantes chegou a um ponto morto e os restaurantes fast food, que foram os impulsionadores do crescimento da demanda, estão agora experimentando um abrandamento nas visitas”.

Para a NPD existem várias razões pelas quais os consumidores tem deixado de frequentar os restaurantes, mas o principal deles é o custo.

A empresa de informação afirma que o aumento dos custos de saúde e da dívida estudantil reduziram a quantidade de renda disponível para os consumidores.

O fato é que com preços mais baixos dos alimentos nos supermercados, a diferença de preço entre comer em casa e fora do lar está se ampliando.

O aumento da diferença de custo entre comer fora do lar e em casa é o fator de destaque a fim de evitar uma crise nos restaurantes.

O mercado está mudando e, apesar da melhora dos indicadores econômicos nos EUA, as prioridades do consumidor está sendo remodelada.

Com isso, os operadores de restaurante terão de procurar maneiras de se diferenciar da concorrência. Eles terão de encontrar meios para se manter relevantes na mente dos consumidores – produtos inovadores, promoções exclusivas, preços competitivos, afirmando os benefícios de comer em restaurantes em comparação com a casa.

Siga o Foodnews, o canal de notícia da gastronomia!

Crise nos restaurantes. Causas e perspectivas nos EUA was last modified: by

Especialista em produção animal e interessado em fornecedor conteúdo de qualidade para o setor de alimentação fora do lar!