embalagens de alimentos

Nova fronteira das embalagens de alimentos está além da prateleira!

O Foodnews destaca o tema sobre como as embalagens de alimentos inteligentes podem moldar o futuro da segurança alimentar.

Pois é, mas apesar do assunto das embalagens de alimentos inteligentes estar em pauta nos Estados Unidos, certamente a questão é igualmente relevante por aqui também.

Isso porque a tecnologia aplicada nas embalagens de alimentos pode protegê-los da contaminação pós-processamento, sinalizar quando um produto estragou e até mesmo permitir que os consumidores adicionem conservantes aos itens em casa.

Durante décadas, os fabricantes de alimentos e bebidas desenvolveram embalagens de produtos tendo como foco apenas a venda na prateleira de mercado. Mas a ascensão do comércio eletrônico gerou modelos de cadeia de suprimentos cada vez mais complexos, levando as empresas a procurar soluções que mantenham os produtos atualizados e protegidos desde o depósito até a entrega na porta do cliente.

E o interessante é que essas soluções de embagens podem não estar muito longe da realidade. Em um encontro nos Estados Unidos em julho de 2018 especialistas em embalagens de alimentos discutiram as potenciais aplicações inteligentes – como embalagens “ativas” que combatem a contaminação e embalagens que podem indicar deterioração com símbolos que mudam de cor.

Os benefícios da embalagem inteligente também não se limitam à integridade do produto. Claire Sand, fundadora e CEO da Packaging Technology Research, revela que ao integrar tecnologias como sensores que determinam o pH e a temperatura, os fabricantes podem obter agregações de valor lucrativas e oferecer uma experiência de consumo aprimorada.

“A embalagem inteligente pode realmente melhorar a sustentabilidade”, disse Sand. “Quando pensamos no futuro das embalagens inteligentes, a próxima grande novidade é uma embalagem realmente responsiva. É aí que precisamos nos concentrar, porque é isso que nossos consumidores querem.”

Embora não seja tecnicamente uma embalagem “inteligente”, a embalagem ativa pode criar um impacto significativo em toda a indústria de alimentos, reduzindo as taxas de contaminação e deterioração dos alimentos – o que poderia melhorar o crescente problema de desperdício de alimentos do segmento. Embora esta questão tenha se tornado prioridade para os consumidores nos últimos anos, os americanos ainda jogam fora aproximadamente 150.000 toneladas de comida por dia.

O formato das embalagens dos alimentos é igualmente de interesse, pois os consumidores tendem cada vez mais a considerar as marcas de alimentos e bebidas como responsáveis ​​pela sustentabilidade de suas embalagens de produtos, assim como por seus alimentos e ingredientes.

Clique aqui e acesse o material em inglês, na íntegra!

O Foodnews trás mais uma novidade. É o Foodnews Sustentabilidade!

Adaptado do FoodDive

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

Nova fronteira das embalagens de alimentos está além da prateleira! was last modified: by

Especialista em produção animal e interessado em fornecedor conteúdo de qualidade para o setor de alimentação fora do lar!