exportações de mel

Perdas de abelhas ameaçam exportações de mel

Talvez muitos ainda desconheçam o assunto, mas a perda de abelhas já é uma realidade e pode afetar as exportações de mel!

Os números são expressivos já que de janeiro a setembro de 2017 as exportações de mel do Brasil alcançou quase 21 mil toneladas e um faturamento de US$93,4 milhões.

Em todo o ano de 2016, as exportações de mel chegaram a pouco mais de 24 mil toneladas, com um faturamento de 92 milhões de dólares.

O maior importador foram os Estados Unidos e o mel é o mais importante produto apícola da pauta de exportação  brasileira.

Em 2016, segundo o IBGE, o Brasil produziu quase 40 mil toneladas. Cinco estados ficaram no pelotão de frente: Rio Grande do Sul (6.283 toneladas), Paraná (5.992  toneladas), Minas Gerais (4.906  toneladas) e São Paulo (3.642  toneladas). O Piauí ficou na quinta posição com 3.048 toneladas.

Mas o desaparecimento das abelhas, fenômeno que ocorre hoje em todo o mundo, e que assusta cientistas e apicultores, pode mudar a posição de destaque do Brasil no ranking  das exportações de mel.

O  pesquisador Bruno Souza, da Embrapa, acha que o sinal de advertência está ligado e que a situação é preocupante para toda a cadeia apícola.

“As próximas gerações vão sentir muito os efeitos da redução das abelhas, se não for feito alguma coisa para reverter essa situação”, alerta Thiago Gama, gerente-geral da empresa Wenzel’s Apicultura, instalada no município de Picos, a 307 quilômetros a Sudoeste de Teresina.

Ele raciocina como a maioria dos cientistas que procura encontrar as causas do problema denominado Desordem do Colapso das Colônias (DCC): o uso indiscriminado dos agrotóxicos nas lavouras, o desmatamento e as mudanças climáticas.

O DCC é caracterizado pela rápida diminuição de abelhas operárias em uma colônia, afetando diretamente a produção de mel, própolis, pólen apícola e geleia real. O administrador citou como exemplo, já comprovado em testes de laboratório, o herbicida Glifosato como um dos mais nocivos às abelhas.

Cabe lembrar que na produção agrícola, as abelhas são consideradas o agente polinizador mais importante e eficiente, sendo responsáveis pela polinização de aproximadamente 73% das espécies cultivadas em todo o mundo. Clique aqui!

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

Perdas de abelhas ameaçam exportações de mel was last modified: by

Especialista em produção animal e interessado em fornecedor conteúdo de qualidade para o setor de alimentação fora do lar!