exportação de ovos

Exportação de ovos do Brasil cai sensivelmente em 2017

A exportação de ovos estão enfraquecidas neste ano de 2017 no país!

Segundo pesquisadores do Cepea, esse cenário se deve à atratividade do mercado interno, onde a demanda segue firme e os preços, em bons patamares – apesar da entrada do segundo semestre, quando a oferta costuma aumentar e os valores tendem a diminuir.

Conforme a Secex, este ano (de janeiro a agosto), o Brasil exportou 117.949 mil caixas de ovos com 30 dúzias, volume 61% inferior ao do mesmo período de 2016, quando o País embarcou 303.388 mil caixas do produto.

Em faturamento, o cenário também é de queda. O montante obtido com as exportações de ovos entre janeiro e agosto deste ano foi 29% inferior à receita dos embarques no mesmo período de 2016.

O Foodnews já havia destacado recentemente que os números da exportação de ovos do Brasil em julho de 2017 atingiu o menor valor já observado em toda a série histórica que teve início em 2012 (clique aqui).

Já no mercado interno, as cotações têm variado pouco, mas permanecem acima dos valores praticados no mesmo período de 2016.

No dia 14 de setembro, por exemplo, as cotações do ovo tipo extra, vermelho, comercializado em Bastos (SP), eram 6% superiores às de 14 de setembro do ano passado (2016). Para o ovo tipo extra, branco, a vantagem foi de 2% na mesma comparação.

O Foodnews tem destacado o comportamento de alta dos ovos em 2017. No início de 2017 os preços dos ovos subiram em razão do calor, que prejudicou a produção nas granjas (clique aqui e saiba mais).

Mas não foi apenas no início de 2017 que os ovos tem apresentado alta. O Foodnews discutiu o comportamento de preços dos ovos no longo prazo. Clique aqui para acessar o artigo!

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

Exportação de ovos do Brasil cai sensivelmente em 2017 was last modified: by

Especialista em produção animal e interessado em fornecedor conteúdo de qualidade para o setor de alimentação fora do lar!