índice big mac

Índice Big Mac revela que o Brasil tem o lanche mais caro do mundo!

O resultado do índice Big Mac de 2018 destaca para o fato do Brasil ter o lanche mais caro do mundo!

O Brasil possui a moeda mais supervalorizada do mundo, de acordo com o tradicional índice Big Mac, que traça comparações entre diversas moedas, de acordo com o valor cobrado pelo McDonald’s em cada país por seu principal sanduíche.

A atualização publicada neste início de 2018 pela revista britânica The Economist, aponta que o Real está 61% acima de seu ponto de equilíbrio, de acordo com a metodologia que ajusta o valor do “Big Mac” segundo o PIB per capita de cada país.

Isso quer dizer que, apesar da paridade entre o real e o dólar apontar algo próximo a R$3,20 para cada unidade da moeda americana, o custo de um Big Mac pesa no bolso de um brasileiro 61% a mais do que no de um americano.

O segundo país na lista com maior apreciação cambial é o Chile. O Peso chileno, segundo a publicação, está 26% supervalorizado em relação ao Dólar.

O índice Big Mac é um índice calculado sobre o preço do Big Mac em mais de 100 países, tendo como objectivo medir o grau de sobre ou subvalorização de uma moeda em relação ao dólar americano.

O fato é que o Big Macg é usado como índice pela “The Economist” desde 1986, para mostrar o comportamento das moedas frente ao dólar e o poder de compra do lanche.

Vale destacar que o índice Big Mac só calcula o valor necessário para comprar o lanche e, desta forma, deve ser avaliado com cautela e uma delas é para avaliar o poder de compra do lanche nos diferentes países.

E, mudando um pouco de assunto, você sabe quais alimentos mofados podem ser consumidos e descartados e dos riscos que os fungos podem causar à nossa saúde? Clique aqui e descubra!

Adaptado de Isto é Dinheiro

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

Índice Big Mac revela que o Brasil tem o lanche mais caro do mundo! was last modified: by

Especialista em produção animal e interessado em fornecedor conteúdo de qualidade para o setor de alimentação fora do lar!