oferta de mandioca

Clima quente e seco reduz oferta de mandioca

O Foodnews destaca que o clima seco e quente no país tem limitado a oferta de mandioca no país!

O clima quente e seco dos últimos dias interrompeu os trabalhos de campo, cenário que, somado à baixa disponibilidade de lavouras de segundo ciclo em todas as regiões acompanhadas pelo Cepea, reduziu a oferta de mandioca, impulsionando as cotações.

Se por um lado a oferta de mandioca caiu, por outro a demanda por raiz aumentou, principalmente por parte da indústria de fécula.

Assim, o valor médio a prazo para a tonelada de mandioca posta na fecularia entre 11 e 15 de setembro foi de R$518,39, o que representa uma, valorização de 5,4% frente à média anterior e de 37,7% na comparação com o mesmo período de 2016 em valores atualizados (deflacionados pelo IGP-DI de agosto/17).

Com a baixa oferta de mandioca, os preços são 37,7% maiores em relação ao praticado no mesmo período do ano passado (set-16).

O Foodnews destaca a mandioca, que foi eleita pela Organização das Nações Unidas (ONU) como o alimento do século 21.

A mandioca é considerada uma das culturas mais antigas do Brasil, encontrada em terras brasileiras antes da chegada dos colonizadores (clique aqui e saiba mais).

Mas não é somente pela sua importância no Brasil que a mandioca é considerada o alimento do século 21.

A mandioca é das mais importantes para a redução da fome de populações carentes na África, tanto que a Bill & Melinda Gates Foundation tem um relevante trabalho de pesquisa e fomento dessa cultura para elevar a produtividade, a qualidade e os nutrientes funcionais dessa raiz.

Na forma de farinha, com chibé e camarão, com pirão e peixe ou açaí, na farofa do churrasco. É a mandioca que não pode faltar, especialmente no norte do país! Imaginem se faltar farinha de mandioca? (clique aqui e saiba mais).

Adaptado de Cepea

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

Clima quente e seco reduz oferta de mandioca was last modified: by

Especialista em produção animal e interessado em fornecedor conteúdo de qualidade para o setor de alimentação fora do lar!