perigos da carambola

Restaurantes informam sobre os perigos da carambola

Restaurantes vão informar os perigos da carambola!

A cidade de Cuiabá aprovou e sancionou no dia 02 de maio, por meio do prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB), uma lei que determina que os estabelecimentos comerciais devem alertar, em cartazes visíveis aos clientes, os perigos da carambola quando consumida por pessoas com deficiência renal.

A lei vale para estabelecimentos como mercados, bares, restaurantes, casas de sucos, lanchonetes, feiras livres, hospitais e outros.

Em Mato Grosso do Sul, já vigora, desde julho de 2014, uma lei similar que obriga os estabelecimentos a colocarem avisos sobre os problemas neurológicos que pacientes renais crônicos podem ter se consumirem a fruta.

De acordo com um estudo de pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) de Ribeirão Preto, a caramboxina, substância existente na carambola, pode provocar crise de soluço, epilepsia, convulsões e até levar à morte.

Claro, apesar dos perigos da carambola para aqueles consumidores em risco, a fruta possui muitos benefícios e possui nutrientes que podem fazer muito bem à saúde.

A carambola é uma fruta exótica com sabor acentuadamente cítrico dependendo da maturação da fruta, mas que pode trazer diversos benefícios para a saúde.

Por ser rica em diversas vitaminas, como a vitamina A, C e algumas do complexo B, a carambola é muito útil na prevenção de gripes e resfriados, fortalecendo o sistema imunológico. Além disso, age como antioxidante, fazendo com que o corpo seja capaz de combater os radicais lives.

No entanto, como destacado no início deste artigo a toxina da carambola não costuma afetar pessoas saudáveis, pois o organismo será capaz de eliminar as toxinas normalmente.

O Foodnews tem destacado o consumo crescente consumo alimentos frescos no país (clique aqui) e apresenta também as novas tendências de consumo de frutas e hortaliças (clique aqui).

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

Restaurantes informam sobre os perigos da carambola was last modified: by

A Associação Nacional de Restaurantes (ANR) reúne e representa empresários de todo porte do setor de food service em suas relações com os poderes públicos, entidades de trabalhadores e junto à sociedade em geral. A ANR tem hoje cerca de 500 associados que reúnem mais de 6.000 pontos comerciais no Brasil, entre restaurantes independentes e grandes redes de alimentação.