perspectivas do mercado do leite

Perspectivas do mercado do leite brasileiro para 2019

Saiba mais das perspectivas do mercado do leite brasileiro para o ano de 2019, segundo análise do Cepea.

As cotações do leite ao produtor terminaram o ano de 2018 em queda, movimento que deve se persistir em janeiro de 2019, segundo dados do Cepea, da Esalq/USP. No entanto, a expectativa é de que já em fevereiro os preços possam sinalizar certa recuperação, fundamentados na oferta – que não está se elevando de forma intensa – e no aumento da competição entre empresas para assegurar matéria-prima.

Apesar de, no geral, 2018 ter sido um ano de valorização do leite ao produtor, os custos de produção subiram justamente nos meses em que a receita do pecuarista recuou, contexto que freou novos investimentos. Além disso, no final de 2018, as assimetrias de informações e ações especulativas diminuíam a confiança de produtores em seguir aumentando a produção, limitando a oferta já em janeiro. Assim, a expectativa é de que os preços fiquem acima dos patamares observados no início de 2018, mas abaixo dos negociados no começo de em 2017.

A produção de leite, contudo, pode ser estimulada ao longo de 2019, tendo em vista a possível maior disponibilidade de grãos neste ano. Segundo pesquisadores da área de grãos do Cepea, para a temporada 2018/19, é esperado aumento na oferta de milho no Brasil e no mundo.

Do lado da demanda, o mercado espera que a possível retomada de crescimento da economia (com inflação controlada, taxa de juros baixa e melhora do mercado de trabalho) resulte em aumento no poder de compra de brasileiros, o que, por sua vez, tende a aquecer o consumo de lácteos. Ainda que a expectativa de aumento do PIB seja de modestos 2,5%, a perspectiva de elevação do poder de compra do brasileiro aumenta as possibilidades de maior ajuste entre oferta e demanda, o que diminui as expectativas de preços despencando, especialmente no primeiro trimestre de 2019. No entanto, é importante destacar que a sustentação desse cenário econômico favorável vai depender da habilidade do novo governo em aprovar medidas para controle dos gastos públicos.

O fato é que as perspectivas do mercado do leite para 2019 são positivas, com expectativa de aumento da demanda e custos de produção melhor controlados em razão da maior oferta de grãos!

É importante destacar que, em 2019, passam a vigorar as novas Instruções Normativas (IN) 76 e 77, que especificam padrões de identidade e qualidade do leite cru refrigerado, do tipo A e do pasteurizado. As novas INs representam um marco legal acerca da qualidade do leite, definindo critérios mais rígidos tanto para produtores quanto indústrias. Essas definições são importantes para elevar a qualidade do leite e dos lácteos e para aumentar a competitividade do produto brasileiro no mercado externo. No entanto, o atendimento desses critérios de qualidade exigirá esforço setorial, tendo em vista que nem todos os grupos de produtores e laticínios estão, neste momento, preparados para fazer as devidas adequações e, portanto, precisarão buscar assistência imediata para seguirem viáveis.

E por falar em perspectivas do mercado do leite em 2019, você sabe quais os principais países produtores de leite? Clique aqui e confira!

O Foodnews tem apresentado diversos temas relacionados ao leite, consumo e preços. Mas, será que estamos familiarizados com algumas curiosidades da produção de leite? Clique aqui e saiba mais sobre algumas curiosidades e dados da produção de leite no mundo.

Adaptado do Cepea

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

Perspectivas do mercado do leite brasileiro para 2019 was last modified: by

Especialista em produção animal e interessado em fornecer conteúdo de qualidade para o setor de alimentação fora do lar!