planejamento financeiro

Primeiros passos do planejamento financeiro em bares e restaurantes!

O planejamento financeiro começa pelo orçamento!

Não fez ou não sabe como fazer o orçamento? Não se desespere! Comece fazendo uma estimativa do quanto irá receber e gastar, com base no seu histórico de dados. Não tem histórico? Tudo bem, sempre podemos começar.

O importante aqui é mostrar um passo a passo simples de como toda essa conversa controle orçamentário e planejamento financeiro pode ser iniciado de modo simples.

A questão da informação para bares e restaurantes talvez não seja um grande problema na maioria dos casos, pois existe muitas opções de recursos disponíveis quem armazenam os dados de entradas e saídas do estabelecimento.

Pois é, mas simplesmente ter as informações não é suficiente. Precisamos usar as informações, ou seja, aplicá-las para tirar proveito delas.

De qualquer modo, o passo a passo da organização financeira é fundamental para o entendimento do assunto, mesmo que já tenha um controle e armazenamento dos dados de entradas e saídas.

Organizar um método de registro das contas a pagar e das contas a receber na empresa é fundamental. Podemos resumir esse processo de planejamento financeiro em 4 passos:

1 –Listar as receitas e despesas

O primeiro passo é catalogar e fazer uma lista de todas as receitas e despesas e também já prever qual dos itens da lista de receitas e despesas serão recorrentes nos próximos meses. Com esta lista é possível atribuir valores e datas de vencimento para cada item tanto para contas a receber como a pagar. Como alguns destes itens são recorrentes, automaticamente você já tem um orçamento de contas a receber  e a pagar.

2 – Atualizar periodicamente os dados

O segundo é a atualização dos itens lançados mês a mês. Esta atualização é referente a data e valor realizado de recebimento ou a data e valor realizado de pagamento.

3 – Desenvolver o fluxo financeiro

O terceiro passo é a montagem do fluxo financeiro através das leituras dos itens cadastrados mês a mês, no momento de montar o fluxo financeiro poderá ser dividido o fluxo financeiro em previsto e também em realizado.

4 – Manter atualizada matriz de contas a pagar e receber

O quarto e último passo é alimentar o fluxo financeiro, seja ela diária, semanal ou mensalmente. Vai depender das necessidades do empresário.

A principal preocupação de donos de bares e restaurantes é de buscar aumentar receita e o volume de negócios. E nada melhor que avaliar com segurança o desempenho do negócio e é ai que entra o controle orçamentário!

A prática, no entanto, é que muitos empresários investem sem desenvolver bons procedimentos de controle orçamentário. E isso é fundamental para a margem de lucro sustentável em qualquer empresa.

Nesse caso, aconselhamos os empresários a considera o seguinte:

  • Avaliar a flexibilidade do seu negócio em diferentes cenários de custos e receitas;
  • Avaliar as despesas com insumos e planejar com mais eficácia o futuro.

E como fazer para avaliar o impacto de diferentes cenários de custos e preços no negócio e a controlar despesas e fazer o planejamento futuro? A resposta é uma só: com controle orçamentário.

Para o planejamento financeiro, o empresário deve antes de tudo fazer o orçamento de sua empresa.

O primeiro passo é controlar as despesas, aderente ao orçamento. O empresário deve ter um orçamento para simplesmente saber o que e quanto pode gastar em relação a quanto espera como receita. O plano financeiro começa assim!

Se não o fizer, pode resultar em gastar dinheiro em áreas que podem não ter influência direta no negócio ou em coisas não planejadas.

Em segundo lugar, alguns empresários sequer tentam compreender o verdadeiro custo do que produzem. Nesse caso, tente o máximo possível entender o custo unitário de cada item que você produz e também se preocupe como o que e quanto é gasto indiretamente na sua produção.

Em terceiro lugar, coloque em prática processos que lhe permitirá compreender qual dos seus produtos ou atividades traz mais dinheiro. Este tipo de análise permite considerar o investimento em empreendimentos mais rentáveis.

Por fim, antes de gastar dinheiro na compra de novos ativos para o seu negócio, faça uma análise de quanto esse equipamento é realmente importante para suas vendas e a qualidade dos seus produtos, caso contrário você poderia gastar enormes recursos na compra de coisas que não trarão qualquer renda significativa.

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

Primeiros passos do planejamento financeiro em bares e restaurantes! was last modified: by

Especialista em produção animal e interessado em fornecedor conteúdo de qualidade para o setor de alimentação fora do lar!