preços da alface

Preços da alface crespa e americana atingem menor patamar do ano

O menor consumo aliado à maior produção pressiona preços da alface.

A procura por folhosas nas regiões de Ibiúna e Mogi das Cruzes (SP) se reduziu ainda mais na semana de 14 a 18 de agosto.

A queda das temperaturas e as chuvas ao longo da semana foram responsáveis pela diminuição da demanda e, por consequência, na queda de preços da alface.

Por outro lado, a oferta de alfaces se encontra mais elevada, resultado do maior transplantio entre junho e início de julho.

O clima favorável para o desenvolvimento das folhosas também contribuiu para o excesso de alfaces no mercado. O preço médio da crespa em Ibiúna teve diminuição de 10,28% frente à semana anterior e fechou em R$6,67/cx com 20 unidades, a menor cotação do ano.

Em Mogi das Cruzes foi a americana que apresentou o menor preço de 2017, que saiu por R$9,40/cx com 12 unidades, a redução foi de 11,32%.

Para a próxima semana (19 a 25 de agosto), há previsão de uma nova frente fria no Sudeste, que provocará chuva e temperaturas ainda menores.

As precipitações previstas estarão concentradas entre os dias 19 e 21 de agosto, com 33 mm em Mogi das Cruzes e 28 mm em Ibiúna, de acordo com a Climatempo. Caso as chuvas sejam contínuas, a produção nas roças pode ser afetada.

O Foodnews destacou o fato de produtores de alface, por exemplo, estarem destruindo suas lavouras em razão do preços de venda do produto estar abaixo dos custos de produção (clique aqui). Fato semelhante tem acontecido com os produtores de mamão havaí (clique aqui).

A diferença expressiva entre os preços que o horticultor vende seus produtos e o que está exposto na gôndola do supermercado é algo que incomoda o produtor brasileiro de frutas e hortaliças. Assim, é quase uma convenção que os hortifrútis são caros ao consumidor e a remuneração ao produtor é baixa. Mas isso é mito ou verdade? (clique aqui e saiba mais).

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

Preços da alface crespa e americana atingem menor patamar do ano was last modified: by

Especialista em produção animal e interessado em fornecedor conteúdo de qualidade para o setor de alimentação fora do lar!