preços da batata

Preços da batata não remuneram os produtores no campo

O Foodnews destaca o movimento de queda nos preços da batata para os produtores em 2017, fato que tem comprometido a viabilidade da atividade na temporada.

A maioria dos produtores de Vargem Grande do Sul (SP) encerrou a safra de inverno neste mês de outubro de 2017, sendo que 85% da produção havia sido colhida ainda no mês anterior, em setembro.

O aumento da área e a produtividade elevada, impulsionaram a oferta na temporada, derrubando os preços da batata.

Na parcial da safra (julho a setembro), os preços da batata beneficiada, em termos médios, foram de R$28,83/sc de 50 kg, 19,18% abaixo dos custos de produção, estimados em R$34,36/sc. Setembro foi o mês com os valores médios mais baixos da temporada, de R$25,39/sc, devido ao pico de safra não apenas na praça paulista, como também em Cristalina (GO).

A qualidade e a produtividade dos tubérculos no início da temporada paulista não foram tão satisfatórias, devido à requeima e à menor luminosidade. Porém, conseguiram se recuperar em agosto, aumentando o rendimento em setembro. No mês passado, as batatas começaram a escurecer devido ao clima quente e seco, prejudicando a comercialização.

Já em outubro, com o menor ritmo das atividades da safra de inverno, as cotações subiram. Neste mês, a média de comercialização da batata foi de R$60,06/sc, alta de 102% em relação à de setembro.

Você sabia que o consumidor paga cerca de 14 vezes mais pela batata chips em relação ao valor da batata in natura no supermercado?

Pois é, essa foi a conclusão da Hortifruti Brasil avaliando o valor da batata industrializada! Clique aqui e saiba mais!

O Foodnews destaca também para o surgimento das indústrias de batata processada no País. Clique aqui e saiba mais!

Adaptado de Hortifruti Brasil

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

Preços da batata não remuneram os produtores no campo was last modified: by

Especialista em produção animal e interessado em fornecedor conteúdo de qualidade para o setor de alimentação fora do lar!