preços dos ovos

Preços dos ovos, em dólares, no menor patamar desde 2012

Os preços dos ovos, em moeda americana, caíram para os menores patamares da série histórica do Cepea/Esalq.

Isso porque o mercado interno segue aquecido no País, o que não estimula os produtores a exportar a produção de ovos.

Embora as exportações brasileiras de ovos in natura tenham aumentado em setembro de 2017, o preço em dólar da caixa com 30 dúzias do produto caiu para o menor patamar da série histórica do Cepea, que teve início em 2012.

No mês passado (set-17), a caixa do ovo doméstico teve média de US$23,63 no mercado internacional, recuo de 18,7% frente à média de agosto e de 10,1% frente a setembro de 2016.

Segundo pesquisadores do Cepea, esse cenário, aliado ao mercado aquecido no Brasil, tem acentuado a preferência de agentes por negociações internas em 2017.

Entre janeiro e setembro deste ano, o Brasil exportou 129,8 mil caixas com 30 dúzias do produto, volume 59,2% menor que no mesmo período de 2016, quando foi de 317,7 mil caixas.

O Foodnews já havia destacado recentemente que os números da exportação de ovos do Brasil em julho de 2017 atingiu o menor valor já observado em toda a série histórica que teve início em 2012 (clique aqui).

Já no mercado interno, as cotações têm variado pouco, mas permanecem acima dos valores praticados no mesmo período de 2016.

O Foodnews também tem destacado o comportamento de alta dos preços dos ovos em 2017. No início de 2017 os preços dos ovos subiram em razão do calor, que prejudicou a produção nas granjas (clique aqui e saiba mais).

Mas não foi apenas no início de 2017 que os ovos tem apresentado alta. O Foodnews discutiu o comportamento de preços dos ovos no longo prazo. Clique aqui para acessar o artigo!

Adaptado do Cepea

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

Preços dos ovos, em dólares, no menor patamar desde 2012 was last modified: by

Especialista em produção animal e interessado em fornecedor conteúdo de qualidade para o setor de alimentação fora do lar!