arroz parboilizado

Arroz parboilizado e polido, você sabe a diferença entre eles?

O Foodnews destaca as diferenças entre o arroz parboilizado e o polido. Afinal você sabe o que é cada tipo de arroz?

Acostumados a ler a expressão “parboilizado” nos sacos de arroz, poucos param para pensar de onde ela vem.

O arroz parboilizado tem origem na junção das palavras inglesas partial e boiled (parcialmente aquecido), e indica um tipo de processamento dos grãos que os torna mais resistentes à degradação, com vida útil maior e de mais fácil manejo pelo consumidor – já que o parboilizado não empapa, mesmo que você ponha água a mais na panela.

Pois é, o arroz parboilizado vem da composição dos termos de origem inglesa: partial e boiled, indicando ser um produto parcialmente aquecido.

“Se eu tivesse de fazer um ranking dos tipos de arroz mais interessantes para consumo sob o ponto de vista nutricional, entre os mais comuns no mercado, eu apresentaria a seguinte escala: integral, parboilizado integral, parboilizado polido e branco polido”, enumera Isabel Massaretto, do Centro de Pesquisa em Alimentos (FoRC).

O grão de arroz é composto por diversas camadas. Embaixo da casca, removida para o consumo humano, há uma série de estruturas de diferentes nomes, chamadas popularmente de farelo. Sob o farelo, o endosperma – parte branca que a gente consome quando come arroz branco. E, na base do grão, está o gérmen, responsável pela germinação do grão. Quando só a casca é removida, obtêm-se o arroz integral. Quando há uma etapa a mais de beneficiamento – o polimento – o arroz é chamado de polido. O polimento remove o farelo, por abrasão.

“O arroz polido é praticamente amido, algo como 90% dos nutrientes ou da matéria seca do grão. O farelo concentra proteínas, lipídios, minerais e vitaminas, principalmente do complexo B ”, explica Isabel. Por isso, o consumo do integral é mais interessante: ele tem, em média, 20% a mais de proteínas e duas vezes e meia mais fibras que o branco polido, além de outros nutrientes como minerais, lipídios e vitaminas.

No caso do arroz parboilizado, os grãos passam por um processo que inclui 3 etapas: encharcamento, aquecimento e secagem. “Os grãos integrais são colocados em água aquecida a 65º C e ficam lá entre seis e nove horas. Depois são secos. Esse processo promove a gelatinização seguida da retrogradação do amido presente no grão, o que torna o arroz parboilizado mais resistente ao processamento.”

O processo também torna os grãos nutricionalmente mais interessantes. “Durante o encharcamento, os ingredientes hidrossolúveis (solúveis em água) do farelo migram para o endosperma: basicamente vitaminas do complexo B e minerais. E, em função da gelatinização do amido, ficam fixados ali. Por isso, o parboilizado, mesmo polido, retém mais minerais e vitaminas do que o branco polido.”

E será que existe uma proporção ideal para a combinação de arroz com feijão? O Foodnews destaca o assunto! Clique aqui!

Adaptado de Alimentos Sem Mitos

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

Arroz parboilizado e polido, você sabe a diferença entre eles? was last modified: by

Especialista em produção animal e interessado em fornecer conteúdo de qualidade para o setor de alimentação fora do lar!