cachaças

Lei obriga estabelecimentos do RJ a vender cachaças do estado

Lei obriga bares e restaurantes do RJ a vender cachaças produzidas no estado!

Desde o dia 24 de maio, bares, restaurantes e hotéis do Rio de Janeiro que vendem bebidas destiladas são obrigados a oferecer ao menos quatros marcas de cachaças produzidas no estado.

O objetivo da lei estadual de número 7.595/2017 é estimular o consumo de cachaças de origem fluminense.

Também passa a ser obrigatório informar o nome do município de fabricação da cachaça na carta de bebidas do local. Em caso de descumprimento, os estabelecimentos podem perder o direito a benefícios como anistia, remissão, concessão de empréstimo e renúncia fiscal, além de enfrentar as penalidades previstas no Código de Defesa do Consumidor.

E você também sabia que o Brasil pode ter um circuito turístico voltado para a promoção das cachaças?

A ideia é oferecer os produtos genuínos de cada região produtora do Brasil a preços diferenciados, de acordo com projeto de lei que tramita na Câmara dos Deputados.

“O Circuito da Cachaça tem como principal objetivo a valorização e divulgação de várias marcas de cachaça, localizadas nas diversas regiões do país, com a finalidade de melhorar a qualidade dos serviços e um estímulo para os seus produtores”, diz o texto (clique aqui e saiba mais).

E por falar em cachaças, o Foodnews e o Degustá! destacam a inauguração da Carta de Cachaça do Raiz Bar.

A Carta de Cachaça do Raiz Bar foi criada pelo especialista Milton Lima e, conta com 10 rótulos que representam todos os principais territórios da cachaça. Confira a dica (clique aqui).

Não podemos esquecer também que a gastronomia brasileira apresenta hoje inúmeros aspectos de atratividade ao consumidor nacional e internacional; um deles sem duvida é a nossa notável coquetelaria. Clique aqui e saiba mais da caipirinha!

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

Lei obriga estabelecimentos do RJ a vender cachaças do estado was last modified: by

A Associação Nacional de Restaurantes (ANR) reúne e representa empresários de todo porte do setor de food service em suas relações com os poderes públicos, entidades de trabalhadores e junto à sociedade em geral. A ANR tem hoje cerca de 500 associados que reúnem mais de 6.000 pontos comerciais no Brasil, entre restaurantes independentes e grandes redes de alimentação.