consumidores

Consumidores atentos a origem dos produtos!

Houve um tempo em que poucos consumidores se preocupavam em saber de onde vinha a comida que chegava às suas mesas. Isso é cada vez mais coisa do passado.

Os consumidores tem exigido cada vez mais a produção de alimentos com transparência.

Na medida em que hoje quase todo mundo tem consciência de como é complexa a produção dos alimentos, indo do campo ao varejo e passando por abatedouros, laticínios e frigoríficos. É natural, portanto, que os consumidores queiram saber o que acontece ao longo dessa cadeia.

Por isso a “transparência” nos rótulos e embalagens foi considerada, neste ano, a principal tendência do mercado de alimentação, segundo a Innova Market Insights, especializada em estudos no setor de alimentos e bebidas.

Veja quais são estas tendências:

O consumidor exige mais transparência na produção dos alimentos.

De acordo com a Innova, de 2011 a 2015, houve um crescimento médio anual de 45% no número de produtos alimentícios lançados globalmente cujos rótulos afirmam que boas práticas de bem-estar animal foram adotadas.

Os consumidores exigem a produção de alimentos com transparência e uma das preocupações é com o tratamento e a qualidade de vida dos animais.

O acirramento da competição obriga os produtores de proteína a aprimorar suas práticas.

Um relatório do Rabobank demonstra que nos próximos anos a produção mundial de carne deverá crescer mais que o consumo. Não que a população vá passar a consumir menos carne, mas que as pessoas tornem-se mais exigentes ao escolher qual carne comprar.

A competição entre os produtores de alimentos tende a se acirrar. Os que conseguirem se adaptar com mais agilidade, mostrando aos consumidores seu comprometimento com questões como saúde e bem-estar animal com transparência tendem a conquistar melhor espaço nesse mercado.

A relação entre saúde humana e bem-estar animal ganha relevância.

A terceira tendência no mercado de alimentos relaciona as boas práticas de bem-estar animal com a qualidade da comida e seus efeitos sobre a saúde dos consumidores.

De fato, para 91% dos consumidores brasileiros, produtos originados de animais submetidos à boas condições de vida, transporte e abate têm mais qualidade do que os obtidos em métodos de criação convencionais.

Um exemplo é a constatação de que a carne de animais submetidos a menos estresse durante a vida tem características físicas e químicas mais agradáveis ao paladar.

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

Consumidores atentos a origem dos produtos! was last modified: by

Especialista em produção animal e interessado em fornecer conteúdo de qualidade para o setor de alimentação fora do lar!