consumo de frutas

Novas tendências no consumo de frutas e hortaliças

Confira as tendências do consumo de frutas e hortaliças e como o mercado de alimentos prontos tem crescido nos últimos anos.

Na Europa, as vendas de frutas e hortaliças em porções prontas para consumo tem crescido e deve seguir aumentando pelo menos até 2020, segundo relatório divulgado pela Nomisma, companhia italiana de estudos econômicos.

É a tendência da conveniência no consumo de frutas e hortaliças.

Porções individuais e vendas pela internet também estão aumentando. Os pioneiros nessa tendência foram Reino Unido e Holanda, mas cresce em muitos outros países da Europa, conforme tabela abaixo:

 

Var. 2010/15 Var. 2015/20
Reino Unido 36% 16%
Espanha 13% 14%
Itália 11% 10%
Suiça 10% 45%
Alemanha 8% 12%
França 6% 9%
Fonte: Euromonitor International

 

Em geral, essa alta no consumo de frutas e hortaliças “convenientes” é resultado de investimentos em inovação no cultivo, na colheita e no processamento.

Podemos citar, nessa tendência, as frutas sem sementes, produtos fáceis de descascar e com vida de prateleira mais longa, embalagens com porções individuais e mix de frutas e hortaliças.

Na Itália, este mercado ultrapassou 770 milhões de euros em 2015, principalmente as hortaliças – as saladas embaladas representam 75% das compras de produtos hortícolas frescos prontos para o consumo.

As novas tendências para o mercado de frutas e hortaliças frescas ainda são produtos pautados em transparência: alimentos saudáveis, com responsabilidade corporativa (com certificações, rastreabilidade e garantia de qualidade) e conveniência.

O foco é  facilitar o intercâmbio de informações ao longo da cadeia produtiva, aproximando produtores e consumidores e, ao mesmo tempo, promover a inovação de produtos, sobretudo de variedades.

Mas os consumidores estariam dispostos a pagar por isso?

Apesar da crise econômica e de produção de várias frutas e hortaliças em diversos países, pode-se dizer que nichos de mercado (com produtos de características exclusivas) ainda estão em alta. Isso porque, mesmo com maiores preços, o sabor e características exóticas são mais importantes. As empresas também devem se posicionar com marcas e embalagens diferenciadas.

Por Hortifruti Brasil, Cepea/Esalq.

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

Novas tendências no consumo de frutas e hortaliças was last modified: by

Especialista em produção animal e interessado em fornecedor conteúdo de qualidade para o setor de alimentação fora do lar!