disponibilidade de carnes

Disponibilidade de carnes percapita em queda nos Estados Unidos

De acordo com os dados do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), a disponibilidade de carnes percapita para consumo tem caído ao longo dos últimos 7 anos no país.

No ano 2000 a disponibilidade de carnes percapita nos Estados Unidos alcançou 90,7 kg ao ano. Contudo, atualmente o nível está nos mais baixos desde 1983.

A disponibilidade de carnes percapita anual de 82,1 kg é a menor desde 1983.

Isso reforça a expectativa dos analistas que preveem uma super demanda por carnes nos próximos anos. Nosso canal de notícias parceiro, o Farmnews, tem discutido o tema (clique aqui).

Embora o declínio na disponibilidade de carne bovina de de 40,2 kg por pessoa em 1976 para 23,3 kg por pessoa em 2014 não seja novidade, a disponibilidade de outras carnes vermelhas também caiu.

A disponibilidade de carne suína está abaixo da média de 21,3 kg por pessoa apurada entre 1979 a 2010. Atualmente a disponibilidade da carne suína está em 19,5 kg por pessoa.

A disponibilidade de vitela e cordeiro caiu de 1,9 kg por pessoa em 1970 para 0,4 kg por pessoa em 2014. Já a disponibilidade de pescados, em torno de 5,4 kg por pessoa em 1970, oscila entre 6,4 e 7,5 kg desde 1984.

Clique aqui e veja a evolução dos dados de produção de carne bovina e de aves nos Estados Unidos nos últimos anos.

A disponibilidade de frango, por outro lado, aumentou constantemente desde 1970, atingindo 26,6 kg por pessoa em 2014.

Apesar do aumento da oferta de frango, a carne vermelha ainda representa a maior parcela da disponibilidade de carnes no país.

A carne vermelha representa 53% da disponibilidade, enquanto as aves 39% e os pescados 8%.

Vários fatores de oferta e demanda influenciaram as tendências da disponibilidade per capita de carne vermelha, aves e peixes. Do lado da oferta, os altos custos de alimentação e, consequentemente, os preços mais elevados da carne entre 2006 e 2015 são parcialmente responsáveis pela redução da produção de carne vermelha.

No caso das aves, a eficiência na produção de frango levaram a menores taxas de mortalidade e a um peso vivo médio mais alto por frango, aumentando a disponibilidade desta carne.

Do lado da demanda, o preço de varejo mais alto da carne bovina em relação ao frango pode ter contribuído para a crescente popularidade das aves.

Clique aqui e acesse o rank dos alimentos mais consumidos no Brasil e no mundo!

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

Disponibilidade de carnes percapita em queda nos Estados Unidos was last modified: by

Especialista em produção animal e interessado em fornecedor conteúdo de qualidade para o setor de alimentação fora do lar!