gastromotiva

Gastromotiva discute formas de evitar o desperdício na ANUFOOD Brasil

Técnicas de reaproveitamento de alimentos, evitando o desperdício, será apresentada pelo Gastromotiva durante a ANUFOOD Brazil.

A Gastromotiva, organização sem fins lucrativos, fundada em 2006 pelo chef David Hertz, para promover transformações sociais através da gastronomia estará presente na ANUFOOD Brazil – Feira Internacional Exclusiva para Alimentos e Bebidas, que acontece em março de 2019, em São Paulo.

Durante todo o evento, a Gastromotiva irá apresentar técnicas de reaproveitamento de alimentos, evitando desperdícios.

Para Cassiano Facchinetti, diretor da Koelnmesse do Brasil, organizadora da ANUFOOD, “essa é mais uma parceria importante que agrega valor ao evento pois trata-se de uma ONG que dissemina o potencial do movimento da gastronomia social”. Na Arena Gourmet, organizada pela Abrasel, eles farão apresentações diárias com técnicas para evitar o desperdício de alimentos e como aproveitá-los da melhor maneira. “Este, aliás, é um tema atual e de extrema importância tanto para as indústrias do setor, como para os estabelecimentos foodservice e supermercados”, afirma o executivo.

O Foodnews apresenta os alimentos mais desperdiçados no País (clique aqui).

Além das apresentações de técnicas de redução e reaproveitamento de alimentos, a Koelnmesse convidou o chef David Hertz para ministrar uma palestra sobre Gastronomia Social, um movimento socio-gastronômico que fomenta a inclusão social e muda a vida das pessoas de baixa renda através do poder transformador da alimentação. Hertz também é co-fundador de um restaurante-escola comunitário que utiliza alimentos que seriam desperdiçados chamado Refeitório Gastromotiva, um legado olímpico na cidade do Rio de Janeiro.

A ideia da Gastromotiva surgiu em 2004 com o projeto Cozinheiro Cidadão, desenvolvido por Hertz na favela de Jaguaré, em São Paulo. No ano seguinte,foi criado o bufê- escola, visando a profissionalização de jovens de baixa renda na área da gastronomia. Em 2006, esse projeto evoluiu, se tornando o que hoje é a Gastromotiva.

Atualmente, a organização oferece 3 cursos profissionalizantes na área de gastronomia: Curso Profissionalizante em Cozinha, Cozinheiro Profissional com Ênfase em Gastronomia Social e Empreenda: Faça e Venda. Todos os projetos são voltados para jovens de baixa renda de São Paulo, Curitiba, Rio de Janeiro, Cidade do México, Cidade do Cabo e San Salvador com aulas teóricas e práticas.

Os cursos têm duração de 3 meses, e, no curso profissionalizante, cada participante deve contribuir como multiplicador, durante o último mês, reproduzindo tudo o que aprendeu na sua comunidade, enquanto no curso voltado para a gastronomia social, os alunos são responsáveis pelos jantares servidos no Reffetorio Gastromotiva.

As ações da Gastromotiva lhe renderam reconhecimento da ONU como sendo um dos melhores métodos para a inclusão social. Atualmente são cinco mil alunos que têm o apoio de fundações, empresas e restaurantes renomados do Brasil, como Fasano, Ráscal e Aconchego Carioca, além de chefs consagrados, entre eles Checho Gonzales e Felipe Bronze.

Para participar dos cursos, os alunos têm que cumprir alguns critérios: cada curso tem uma faixa etária específica, mas a renda familiar não deve ultrapasse três salários, para garantir que farão os cursos gratuitos aqueles que realmente não teriam condições de pagar uma formação paga.

A ANUFOOD Brazil acontece de 12 a 14 de março de 2019, no São Paulo Expo, em São Paulo.

O credenciamento para visitar a ANUFOOD Brazil pode ser feito em: anufoodbrazil.com.br

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

Gastromotiva discute formas de evitar o desperdício na ANUFOOD Brasil was last modified: by

Especialista em produção animal e interessado em fornecer conteúdo de qualidade para o setor de alimentação fora do lar!