japan house

Japan House: gastronomia, cultura e negócios

A Japan House promete oferecer experiências que aproximam os paulistanos da cultura, arte e culinária japonesa.

O projeto Japan House é uma iniciativa global do governo japonês, que escolheu São Paulo, Londres e Los Angeles como as primeiras metrópoles a abrigarem a proposta.

A Japan House trará a São Paulo um novo olhar sobre o Japão contemporâneo.

O objetivo do projeto é combinar arte, tecnologia e negócios para oferecer aos visitantes, por meio de experiências imersivas, uma perfeita tradução do Japão do século XXI, sem esquecer das raízes e das tradições da cultura japonesa.

As obras de reconversão do prédio que abrigará a Japan House começarão em abril próximo.

A Japan House será instalada na Avenida Paulista, 52, vizinha à Praça Oswaldo Cruz, no cruzamento com a Rua 13 de Maio. O local foi escolhido por ter intenso trânsito de pessoas e ser de fácil acesso.

A presença da nova casa vai adensar um polo informal de eventos públicos e equipamentos culturais já ativo na região, uma vocação reforçada pela recente conversão da avenida, aos domingos, em área pública reservada a pedestres e ciclistas.

E a Japan House certamente abrigará também o melhor da culinária japonesa. Aliás, a Japan House inclusive já escolheu seu chef: Jun Sakamoto. A casa contará ainda com a consultoria de um dos chefs mais renomados do Japão, Zaiyu Hasegawa.

Dono de um dos restaurantes japoneses mais conceituados de São Paulo, que leva seu nome, Sakamoto, ex-presidente da ANR – Associação Nacional de Restaurantes, abriu as portas de sua primeira unidade em 2000. Desde então coleciona alguns dos principais prêmios de gastronomia do país.

Aos 50 anos, o paulista Sakamoto que também é sócio da Hamburgueria Nacional, no Itaim, e do Junji, no Shopping Iguatemi, pretende ampliar os negócios no Brasil.

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

Japan House: gastronomia, cultura e negócios was last modified: by

A Associação Nacional de Restaurantes (ANR) reúne e representa empresários de todo porte do setor de food service em suas relações com os poderes públicos, entidades de trabalhadores e junto à sociedade em geral. A ANR tem hoje cerca de 500 associados que reúnem mais de 6.000 pontos comerciais no Brasil, entre restaurantes independentes e grandes redes de alimentação.