mandioca

Mandioca: aqui ou lá fora, não pode faltar farinha!

Na forma de farinha, com chibé e camarão, com pirão e peixe ou açaí, na farofa do churrasco. É a mandioca que não pode faltar, especialmente no norte do país!

Imaginem se faltar farinha de mandioca?

Há uma comoção regional no norte brasileiro, pelo fato de algumas pessoas não conseguirem sequer comer sem farinha de mandioca.

O Estado do Pará é o maior produtor do Brasil, com área cultivada de 300 mil de hectares e produção de 4,9 milhões de toneladas anuais. O consumo de mandioca no Pará é o mais diversificado do mundo, sendo o alimento de maior participação na culinária regional.

Na degustação da tapioquinha com café, do tacacá de todas as tardes, na maniçoba e pato no tucupi das confraternizações, do molho de tucupi com pimenta, na forma de bolos, pudins, sorvetes, broas e biscoitos.

A utilização da mandioca na forma mais diversificada e como alimento é particularidade dos paraenses, uma herança herdada de nossos ancestrais indígenas.

A seleção dos indígenas foi tão criteriosa que resultou em cultivares não venenosas para consumo in natura e até cultivares de alta concentração cianogênica, que só podem ser transformadas em alimentos após a trituração e torragem, para eliminação de sua toxicidade.

O Brasil é o berço de origem da mandioca para o mundo, um legado das populações indígenas para à moderna civilização. Posteriormente, com o intercambio dos colonizadores, foi introduzida no continente africano e posteriormente no sudeste asiático.

A cultura da mandioca no Brasil é a sétima em área cultivada e a primeira em importância social, pela geração de renda e milhões de empregos, estando presente na agricultura de todos os estados brasileiros.

A mandioca é das mais importantes para a redução da fome de populações carentes na África, tanto que a Bill & Melinda Gates Foundation tem um relevante trabalho de pesquisa e fomento dessa cultura para elevar a produtividade, a qualidade e os nutrientes funcionais dessa raiz.

Nosso produto impressionou tanto a Bill Gates  que ele refere-se a esta dádiva da Natureza como “o mais interessante vegetal do mundo”.

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

Mandioca: aqui ou lá fora, não pode faltar farinha! was last modified: by

Especialista em produção animal e interessado em fornecedor conteúdo de qualidade para o setor de alimentação fora do lar!