mel

No dia do apicultor, vamos falar de mel e seus benefícios!

No dia do apicultor, 22 de maio, o Foodnews destaca algumas curiosidades e benefícios do mel para nossa saúde!

O mel sempre foi utilizado como alimento humano e era obtido inicialmente de forma extrativa. Com o passar dos séculos, o Homem desenvolveu e aprimorou as técnicas de produção de mel e assim surgiu a apicultura.

Antes de falarmos do mel e seus benefícios é importante ressaltar da importância das abelhas para a sociedade, já que elas são essenciais para a agricultura e a produção de alimentos!

Mas vamos voltar ao mel, tema de nosso artigo!

De um modo geral, o mel é constituído, na sua maior parte (cerca de 75%), por açúcares simples (glicose e frutose).

O mel é também composto por água (cerca de 20%), por minerais (cálcio, cobre, ferro, magnésio, fósforo, potássio, entre outros), por cerca de metade dos aminoácidos existentes, por ácidos orgânicos e por vitaminas do complexo B, por vitamina C, D e E.

O mel possui ainda um teor considerável de antioxidantes (flavonoides e fenólicos).

Segundo a legislação brasileira, as concentrações permitidas são de no mínimo 65g/100g para açúcares totais e 6g/100g no máximo para teores de sacarose, além do teor de água não poder ultrapassar os 20%.

Seu consumo no país como forma de alimento ainda é muito baixo (aproximadamente 300 g/habitante/ano), principalmente ao se comparar com países como os Estados Unidos e os da Comunidade Europeia e África, que podem chegar a mais de 1 kg/ano por habitante.

No Brasil, o mel não é visto como alimento, mas sim como medicamento.

Nesse aspecto, a apiterapia é a utilização de produtos derivados de abelhas em tratamentos terapêuticos.

Diversos estudos científicos realizados nos últimos anos vem confirmando os efeitos benéficos destes produtos a saúde humana, sendo que podemos destacar alguns deles:

  • age nas mucosas da garganta e alivia a irritação causada por gripes e resfriados;
  • auxiliam na redução do risco de doenças do coração é até câncer devido aos componentes oxidantes;
  • contribuiu para o melhor desempenho dos atletas;
  • regula os níveis de açúcar na corrente sanguínea.;
  • útil em vários problemas de saúde como por exemplo, visão, diarreia, asmas, problemas urinários, perda de peso, úlceras, gastroenterite bacteriana;
  • eficaz no tratamento de feridas e queimaduras devido a ação antibacterianos;
  • auxilia para manter a pele saudável e revigorada, pois acaba servindo como um hidratante nutritivo.

Apesar de suas propriedades terapêuticas o mel não pode ser consumido por crianças com idade inferior a 1 ano, devido a possibilidade de contaminação pela bactéria Clostridium botulinum, causadora de botulismo.

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

No dia do apicultor, vamos falar de mel e seus benefícios! was last modified: by

Especialista em produção animal e interessado em fornecedor conteúdo de qualidade para o setor de alimentação fora do lar!