melão

Melão desperdiçado é alternativa à maçã na indústria de bebidas

Um suco a base de melão, para uso na indústria de bebidas, é uma das alternativas propostas pela Embrapa para reduzir o desperdício da fruta.

O produto concentrado não apresenta gosto e aroma de melão e pode ser empregado pela indústria como base para a produção de sucos mistos, néctares e outras bebidas.

Hoje esse papel é da maçã, principal matéria-prima de sucos-base das mais diversas bebidas com frutas. A proposta também é substituir água e açúcar por uma base mais saudável. A empresa busca parceiros para a validação da tecnologia em escala industrial.

O produto pode ser muito útil para reduzir o desperdício de melão.

Em 2015, as perdas chegaram a 37% do total produzido, com base no último levantamento da produção feito pelo IBGE. Uma boa parte do total não foi aproveitada por problemas puramente estéticos: manchas na casca, tamanho menor que o habitual ou formato irregular. Apesar de rejeitados pelos consumidores, esses melões mantêm intactas as propriedades nutricionais.

O engenheiro de alimentos Raimundo Marcelino da Silva Neto, da Embrapa, explica que a indústria utiliza largamente o suco a base de maçã, uma fruta de clima temperado, para a produção de blends, néctares e outros produtos com diferentes sabores.

O desenvolvimento do suco a base de melão oferece uma alternativa para o aproveitamento de uma matéria-prima proveniente da agricultura tropical.

A tecnologia foi desenvolvida em parceria com a Escola de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e com o Centro de Cooperação Internacional em Pesquisa Agronômica para o Desenvolvimento (Cirad), da França.

“Boa parte do melão fica no campo devido a defeitos no aspecto visual. Não passa nos padrões de consumo e, muito menos, nos de exportação. Essa seria a matéria-prima para a produção dessa base clarificada, desaromatizada e concentrada, explica Marcelino Neto.

O suco concentrado é denso, com uma coloração semelhante ao caramelo e deve ser diluído na indústria. “Como é concentrado, não haverá o transporte de água, o que reduz custos de logística. Isso favorece também a conservação, porque é possível manter em temperatura ambiente ou no máximo em refrigeração”, afirma Marcelino Neto.

A tecnologia empregada para a produção do suco-base de melão também será testada em outras frutas tropicais como caju e banana. Segundo Marcelino Neto, é possível desenvolver diferentes produtos, combinando as tecnologias para retirar ou preservar o sabor, produzindo misturas com características desejadas.

E você sabia que o desperdício de alimento no mundo seria capaz de acabar com a fome no planeta?

Segundo dados da FAO, agência da ONU para agricultura e alimentação, cerca de um terço de todo o alimento produzido no mundo é desperdiçado. Clique aqui!

Adaptado de Veronica Freire, da Embrapa

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

Melão desperdiçado é alternativa à maçã na indústria de bebidas was last modified: by

Especialista em produção animal e interessado em fornecedor conteúdo de qualidade para o setor de alimentação fora do lar!