pimentas

Verdades e mentiras sobre o consumo de pimentas

Dependendo da quantidade consumida, as pimentas esquentam o corpo e ruborizam a pele.

Disposto a usufruir dessa explosão de sensação? Então veja o que é verdade ou mentira quando o assunto são as pimentas.

As pimentas possuem diversos nutrientes importantes para a saúde?

Verdadeiro. As pimentas são compostas por importantes nutrientes que beneficiam nosso organismo. No geral, elas são ricas em vitamina A e excelentes fontes de vitaminas B e C. Possuem também quantidade significante de magnésio, ferro, aminoácidos e fitoquímicos, que inibem a resposta inflamatória. Além disso, as pimentas vermelhas são repletas de licopeno, pigmento que, segundo pesquisas, ajuda a prevenir o câncer de próstata.

As pimentas podem ser consumida diariamente?

Verdadeiro. Quem utiliza a pimenta no dia a dia está consumindo, além de tempero, uma série de medicamentos naturais: analgésico, anti-inflamatório e vitaminas. São benefícios que os povos primitivos descobriram há milhares de anos e que agora estão sendo comprovados pela ciência. Sendo assim, a pimenta pode fazer parte da dieta sem restrições e convém incluí-la nas refeições diariamente, tomando sempre o cuidado de não errar na dose para não apimentar demais a receita.

O consumo de pimenta provoca doenças como a gastrite?

Falso. Embora se acredite que a pimenta seja causadora de gastrite ou outros problemas estomacais pelo seu sabor quente e picante, isso não é verdade. A pimenta provoca o aumento das enzimas digestivas no estômago, inclusive as ácidas, o que pode agravar a gastrite, mas não provocá-la. Ou seja, quem já sofre de gastrite deve consumir pimenta em pequena quantidade, porém, quem não tem predisposição para ter a doença, não terá o problema desencadeado por seu consumo. Desta forma, deve-se considerar a quantidade ingerida para que não haja complicações. Uma pitada moderada do alimento não agravará a gastrite e, dessa forma, será possível usufruir de seus benefícios para a saúde.

É um alimento afrodisíaco?

Verdadeiro. Essa é uma característica comum da pimenta. Isso se dá por seu sabor extremamente quente e picante e também por suas cores e cheiros fortes. Além disso, o alimento é responsável por estimular hormônios que promovem a dilatação dos vasos sanguíneos, o que irriga as áreas erógenas e, assim, aumenta a sensação de prazer.

Todo mundo pode comer alimentos apimentados?

Verdadeiro. Todos podem se beneficiar de suas propriedades, mas convém lembrar que a pimenta é vasodilatadora, ajudando a desfazer os coágulos sanguíneos. Então, quem tem problemas com hemorroidas não pode abusar da pimenta. Geralmente, essas pessoas têm sangramento, o que pode levar a um agravamento da situação. Quem tem gastrite também não deve exagerar. O critério é a quantidade. Moderação é o segredo.

E vale lembrar que a hemorroida é uma doença causada pela dilatação de varizes, originada, comumente, por sedentarismo, ingestão de gorduras e problemas cardiovasculares. Portanto, a pimenta não pode causar hemorroida, mas apenas agravá-la se o consumo for excessivo, uma vez que pode promover a dilatação dos vasos sanguíneos.

Este artigo foi extraído do nosso parceiro PimentasOnline – www.pimentasonline.com.br

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

Verdades e mentiras sobre o consumo de pimentas was last modified: by

Especialista em produção animal e interessado em fornecer conteúdo de qualidade para o setor de alimentação fora do lar!