preço da refeição

Preço da refeição. Será que é hora de rever?

No Foodnews, painel CNTur – Confederação Nacional do Turismo, veja importante discussão referente ao preço da refeição e a questão de quando é o momento de rever a estratégia do preço em bares, lanchonetes e restaurante.

Um dos pontos mais delicados para quem tem negócios, seja uma empresa, seja um profissional liberal é a questão preço. É ele quem determina os níveis de faturamento, da margem de contribuição e de lucro (ou prejuízo). Para tratar o preço, precisa ter claro quem são os clientes e seu perfil, quem são os concorrentes e quais os nossos diferenciais em termos de produto e serviço e qual o valor que transmitimos nessa relação.

Em épocas de ”vacas magras” e principalmente para produtos e serviços do dia a dia, é o caso de considerar se não precisa mexer no preço da refeição.

Cada ramo tem sua dinâmica, citemos o caso dos restaurantes, bares e lanchonetes.

Se o seu negócio não é uma referência em produtos e marca, para um clube muito seleto de consumo, certamente você está sendo pressionado pelo mercado a rever seus preços. Isso pois, o cliente do almoço/jantar de todo o dia, já não tem mais o mesmo orçamento à disposição em consumo como a 2 ou 3 anos atrás. É momento de rever o preço da refeição?

Uma alternativa, caso não queira mexer nos preço da refeição ou pelo menos dos pratos principais, crie pratos em promoções e combos com opções de preços diferentes, procurando aumentar o giro do restaurante, principalmente nos dias e horários não favoráveis ao negócio, estimulando assim o consumo. Fique de olho nisso, pois quem sabe os vizinhos da rua e do bairro estão fazendo algo a respeito, então é o momento de avaliar seu preço sim!

Uma ferramenta útil para o segmento de bares e restaurantes é a pesquisa feita do consumo médio dos vales refeição.

Se você é de outro ramo que não tenham pesquisas, vá aos concorrentes, seja pessoalmente, seja seu funcionário, seja se informando por telefone ou pela internet, isso é que chamamos “beber água na fonte” e de olho no mercado!

Assine nossa newsletter e receba semanalmente as principais notícias da CNTur – Confederação Nacional do Turismo referente ao setor de alimentação fora do lar. Fique ligado!

O Foodnews é uma parceria com a Foodlogics – www.foodlogics.com.br, que oferece uma plataforma online de busca de fornecedores e cotação de insumos em um ambiente exclusivo. Facilite seu processo de cotação e organize as informações da área de compras de um modo simples e prático. Cadastre-se e use gratuitamente! Saiba mais!

Siga-nos pelo http://www.facebook.com/belogics e veja essa e outras notícias!

Preço da refeição. Será que é hora de rever? was last modified: by

A CNTur - Confederação Nacional do Turismo é uma entidade sindical patronal de grau máximo, que congrega em todo território nacional 07 federações e mais de 130 sindicatos, representando cerca de 3,0 milhões de empresas geradoras de mais de 8 milhões de empregos.A CNTur reúne os segmentos de hotelaria e meios de hospedagem; os setores de gastronomia, restaurantes e similares; operadoras e agências de turismo; empresas de refeição coletivas; entretenimentos e parques temáticos; além dos clubes recreativos, sociais e esportivos. Sua atuação na defesa dos interesses da categoria se dá principalmente na esfera federal, atuando em conjunto com as federações e sindicatos também nas esferas estaduais e municipais.