segurança alimentar

Panorama mundial da segurança alimentar!

Em comemoração ao Dia Mundial da Alimentação de 2017, a FAO debate sobre o panorama mundial da segurança alimentar.

A FAO sugere como tema a relação da segurança alimentar e a migração dos povos. O fato é que parcela da população mundial é obrigada a deslocar-se de seu território originário.

Os motivos para o crescimento das correntes migratórias podem ser brevemente assinalados como decorrentes de guerras civis, ocorrências de catástrofes ambientais e crises político-econômicas.

O número de migrantes internacionais cresceu nos últimos 15 anos, saltando de 173 milhões no ano de 2000 para a cifra de 244 milhões de pessoas em 2015. Por sua vez, o número total de refugiados foi estimado em 19,5 milhões de pessoas.

Segundo a FAO, na tendência de avanço do movimento migratório internacional há a busca de uma saída por aqueles que padecem de fome ou impossibilidade do acesso à agricultura e alimentação adequadas.

Como alerta a Organização Internacional para Migrações, os baixos salários e o desprestígio da agricultura ocorrem, de um lado, pelos custos altos para produção: mecanização, água, energia, fertilizantes, sementes; e, de outro, as condições e preços desfavoráveis aos produtores.

A FAO estima que em 2016 houve um aumento no número de pessoas subalimentadas. Se em 2015 os subalimentados crônicos correspondiam a 777 milhões, em 2016, atingiram  815 milhões de pessoas, especialmente nas zonas de conflito da África subsaariana e Ásia, acompanhadas de secas ou inundações.

Por outro lado, a FAO aponta ainda que, de modo geral, a desnutrição infantil crônica continuou a diminuir no mundo. Todavia, a preocupação que ganha vulto se refere ao sobrepeso e obesidade em crianças e adultos no mundo todo.

O sistema agroalimentar global promove o intenso consumo alimentar de produtos ultraprocessados. Isso indica outra dimensão da insegurança alimentar e nutricional, com a prevalência de doenças crônicas não transmissíveis.

As análises sobre os hábitos alimentares, segundo a ótica do acesso ao alimento, revelam que as situações de insegurança alimentar e nutricional estão relacionadas com os fenômenos da pobreza e desigualdade das populações.

O Dia Mundial da Alimentação, 16 de outubro, foi celebrado com ações para reduzir o desperdício de alimentos! Clique aqui e saiba mais!

Adaptado de IEA – Instituto de Economia Agrícola

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

Panorama mundial da segurança alimentar! was last modified: by

Especialista em produção animal e interessado em fornecedor conteúdo de qualidade para o setor de alimentação fora do lar!