fontes de proteínas

Opções de fontes de proteínas para dietas vegetarianas!

Confira algumas opções de fontes de proteínas para dietas vegetarianas e veganas.

Neste artigo gostaria de compartilhar uma breve descrição sobre algumas das principais fontes de proteínas que podemos utilizar dentro das dietas vegetarianas e veganas.

A lista em si serve como dica, já que existem muito mais fontes de macronutrientes, os quais iremos abordar em outros artigos. Aqui estou disponibilizando apenas as fontes de proteínas mais comuns de proteínas e, claro, espero que auxilie você na escolha para preparar seus pratos.

Dentro das dietas vegetarianas e veganas é importante variar um pouco os alimentos que consomem e, principalmente, permitir que você tenha um equilíbrio no consumo de proteínas.

1 – Tofú:

O Tofú é uma das fontes de proteínas mais conhecidas dentro da dieta vegetariana / vegana, sendo ele um alimento consumido há séculos dentro da cultura asiática. Ele é uma fonte de proteínas com baixa caloria, sendo produzido através do amolecimento dos grãos de soja com água que posteriormente são amassados até formar uma massa com consistência semelhante a um purê. Essa massa é posteriormente filtrada para a retirada de líquido de seu conteúdo, sendo a massa sólida pressionada para formar os blocos tofú que conhecemos. Esses blocos são então pasteurizados e embalados para comercialização. O líquido retirado durante a filtragem e compressão é comumente acrescido de coagulantes naturais para que fique mais consistente e para que possa ser utilizado em diversas receitas.

2 – Proteína (carne) de soja

A proteína de soja obtida através da moagem e compressão em diversos formatos é comercialmente conhecida como “carne” de soja. Durante a compressão é possível deixar a massa obtida dentro de diversos formatos, por esse motivo, é muito utilizada para o preparo de hambúrgueres vegetarianos /  veganos, receitas de picadinhos, molhos, assados e muito mais.

3 – Tempeh:

O Tempeh é um alimento muito tradicional na Indonésia, sendo obtido através da fermentação de grãos de soja. Sua aceitação dentro da culinária asiática tornou-o famoso, isso porque além de um sabor muito bom, o tempeh possui um alto teor de proteína por porção. Seu preparo possui semelhança com o processo de preparação dos queijos tradicionais, onde diferentes culturas de fermentação  podem ser adicionadas para atribuir sabores variados ao tempeh. Isso torna o tempeh como um importante ingrediente para tornarmos diversos pratos vegetarianos / veganos muito mais saborosos e diferentes.

4 – Seitan (Proteína do Trigo)

Há séculos a proteína do trigo é utilizada na culinária asiática, sendo conhecida como Seitan. O Seitan também é conhecido como “carne” de glúten, devido a sua firme consistência,  o que permite ser utilizado em diversos pratos quentes sem o risco de desmanchar facilmente. O Seitan é obtido através do preparo de uma massa feita com a farinha de trigo, onde a massa é deixada para descansar por algum tempo e logo em seguida é pressionada e lavada com água para que o amido seja eliminado, restando apenas uma massa com alto índice proteico.

5 – Proteína de tremoço

O tremoço é um grão que assemelha-se com a soja em suas características proteicas, sendo sua proteína até mesmo considerada de maior valor biológico. Através da colocação dos grãos em molho, posterior moagem e compressão, é possível criar hambúrgueres, pedaços consistentes que podem ser utilizados em ensopados, molhos e muito mais.

6 – Proteína de Espelta / Trigo Vermelho

A proteína é obtida através da secagem dos grãos de trigo vermelho, podendo ser utilizado em diversas receitas em sua forma natural (grãos), farinha ou broto. Ele possui alta concentração de vitaminas do complexo B, bem como Magnésio e Fósforo. A espelta é um alimento com divulgação mais recente aqui no Brasil, mas em países da Europa ele já é conhecido há muitos séculos, sendo seu uso vinculado até mesmo em civilizações mais antigas, com milhares de anos.

Espero que este artigo tenha trazido informações básicas interessantes sobre algumas das principais fontes de proteínas para os adeptos das dietas vegetariana e vegana. Em breve publicaremos novos artigos com mais novidades e informações sobre outros alimentos dentro desta categoria.

Quero me tornar vegetariano e agora? Confira algumas dicas e informações sobre como iniciar o processo de transição (clique aqui).

Até o próximo artigo!

Siga o Foodnews, o canal de notícias da gastronomia!

Opções de fontes de proteínas para dietas vegetarianas! was last modified: by

Vegetariano desde 2006, estou me especializando em alimentação vegetariana / vegana através de estudos e busca do melhor conteúdo informativo para auxiliar a todos que desejam se tornar vegetariano, ou então que já são vegetarianos mas desejam aprimorar conhecimento e migrar gradativamente até o veganismo. E para os veganos, meu maior foco é o de trazer também conteúdo de alto valor para agregar conhecimento.